Publicações recentes

Contributors

Coordenador da divisão de inteligência da polícia civil ministra palestra para GMs de Aracaju

quarta-feira, 17 de julho de 2013
Fábio Mangueira, gestor adjunto estadual do INFOSEG (Rede de Integração Nacional de Informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização) e coordenador do DIPOL (Divisão de inteligência e planejamento policial) palestrou na manhã de terça-feira, 16, para guardas municipais de Aracaju no auditório do SEST/SENAT. 

De forma prática e didática, Fábio que é uma das maiores autoridades da área de inteligência em Segurança Púbica de Sergipe demonstrou a importância de todas as forças policiais, inclusive a Guarda Municipal de Aracaju (GMA) terem este setor em suas corporações. “A inteligência tem um papel precípuo para todos os órgãos de Segurança Pública que trabalham com atendimento à população. A inteligência é responsável por produzir conhecimento sensível para várias direções. 

Tanto no campo estratégico, quanto no campo tático operacional. Inclusive para a Guarda Municipal que também atua na área de segurança no âmbito de seu município” declara Fábio. Mais do que a obtenção e dispersão do conhecimento, a inteligência em Segurança Pública compreende o policiamento ostensivo preventivo, na salvaguarda dos estabelecimentos do município e do estado, papel realizado palas Polícias Militares e pelas Guardas Municipais, bem como na área investigativa, especificamente com a Polícia Civil. “Na minha visão, as Guardas Municipais desempenham um papel significativo devido à sua capilaridade dentro de cada município, pois ela consegue atingir a população de forma mais próxima e pessoal do que os órgãos mais estratégicos” afirma Fábio. 

De acordo com o tenente Jonatas Souza, diretor adjunto da GMA, é imprescindível que a Guarda Municipal de Aracaju tenha acesso a estruturas de inteligência, principalmente à rede INFOSEG. “A rede INFOSEG, é uma das ferramentas mais importantes nesse contexto, haja vista que nos possibilita acessar informações restritas de forma célere em tempo real e on-line, como por exemplo mandados de prisão, processos e inquéritos. Em Aracaju, os trâmites para adesão à rede INFOSEG já estão em andamento desde o início deste ano. Ainda não concluímos o processo porque antes de se firmar o convênio a prefeitura precisar disponibilizar seus bancos de dados ao Ministério da Justiça, principalmente dados relativos ao IPTU (Imposto predial e territorial urbano)” declara o tenente.

Por Ascom GMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário