Publicações recentes

Contributors

Fortes chuvas causam transtornos na região metropolita e capital Sergipana

quinta-feira, 25 de julho de 2013
As fortes chuvas registradas nesta quinta-feira, 25, causaram grandes transtornos nas ruas de Aracaju e região metropolitana. Grandes pontos de acumulo de água podiam ser vistos em varios locais no centro da capital sergipana e Nossa Senhora do Socorro.
Um dos pontos mais criticos fica localizado na Avenida Euclides Figueiredo próximo ao loteamento MOEMA MEYRE, lá grandes volumes de águas da chuva se aglomeram deixando os moradores da região ilhados.  No Loteamento é normal quando chove as ruas se transformar em verdadeiros rios. 

O problema do loteamento teve inicio quando a Jaluzi antiga proprietária dos lotes não regularizou uma parte do terreno, foi ai que iniciou o jogo de empurra empurra com a Emurb que ficou responsável pela urbanizar do morro para evitar que o barro que desce da encosta e invadisse as casas, mas não fez. Toda a problemática foi parar no Ministério Público Estadual e os problemas perduram desde 2009, os moradores do loteamento sofrem com os problemas que a antiga gestão municipal não resolveu alegando que o local estaria irregular, por outro lado mesmo alegando a irregularidade, a prefeitura cobra o IPTU.

As péssimas condições de infraestrutura do loteamento Moema Meyre no bairro Santos Dumont, se agravam com a chegada das chuvas.  “No local falta saneamento básico, falta tudo, e temos que conviver com a lama” Disse indignado o senhor Almeida morador da localidade, ele disse ainda que o problema se arrasta há vários anos e o sofrimento só tende a aumentar com a falta de sensibilidade do poder público. Os moradores já cansados clamam por uma atitude do poder público.


ARACAJUARACAJU
 
loteamento MOEMA MEYREARACAJU
ARACAJUNOSSA SENHORA DO SOCORRO


CRIANÇAS BRINCAM DE BARQUINHO DE PAPEL EM NOSSA SENHORA DO SOCORRO
Crianças brincando com "barquinhos de papel" na água parada em Nossa Senhora do socorro.

VEJA O VERDADEIRO RIO QUE SE FORMA NO LOTEAMENTO.

 

Por Robson Bispo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário