Publicações recentes

Contributors

Envelhecimento saudável

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Boa alimentação é medida básica para quem deseja evitar doenças

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a população do país com mais de 60 anos corresponde a 23,5 milhões dos brasileiros.
É mais do que o dobro do que foi registrado em 1991, quando o número era de 10,7 milhões.

A expectativa de vida também aumentou, segundo dados do mesmo órgão. Em 2011, era de 74 anos e 29 dias, três anos, sete meses e 24 dias a mais do que o indicado em 2000. Porém, segundo uma pesquisa conduzida pelo médico geriatra Alessandro Gonçalves Campolina e divulgada pelo site da Agência Brasil, os idosos estão vivendo com menor qualidade de vida, pois passam mais tempo doentes. O levantamento integra o estudo Sabe (Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento), desenvolvido na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

Na opinião da nutróloga, reumatóloga e fisiatra Dra. Sylvana Braga, uma boa alimentação pode ser um caminho para as pessoas envelhecerem de maneira saudável. "Essa medida evita também o aparecimento de diversas enfermidades comuns da melhor idade, entre elas as temidas doenças cardíacas, diabetes, hipercolesterolemia, osteoartrose e cânceres."
Dra. Sylvana, que também é especialista em prática ortomolecular e autora do livro "Dieta Ortomolecular - o segredo de rejuvenescer em total harmonia", explica que durante o envelhecimento a pessoa sofre perda óssea e de massa muscular e um aumento da gordura corporal.
Outra mudança se dá na função digestiva, pois há uma menor produção de ácido clorídrico e um achatamento das microvilosidades intestinais, impedindo uma boa absorção dos nutrientes.
Há ainda uma queda na produção de vitaminas essenciais para o organismo, como B12, B6 e D. "Para repor os minerais, vitaminas e nutrientes necessários uma boa saída é manter uma dieta rica em frutas, hortaliças, peixes, azeite, nozes e castanhas. Esses alimentos podem desacelerar a deterioração do nosso organismo", diz a especialista.
A nutróloga montou um cardápio especial que pode contribuir para o envelhecimento saudável. Anote:
Café da manhã:
Um copo de iogurte desnatado, uma colher de chá de aveia, chá branco, nozes, uma fatia de melancia, uma fatia de queijo branco com uma fatia de pão integral.
Almoço:
Salada de folhas verdes, tomate e beterraba, espinafre refogado, berinjela no vapor, uma porção de peixe com ervas, duas colheres de sopa de arroz vermelho e uma colher de sopa de feijão azuki.
Sobremesa:
Uma fatia de melão Orange.
Lanche:
Seis morangos com duas castanhas do pará, uma xícara de leite com canela.
Jantar:
Salada de quinoa e cenoura ralada, sopa de legumes verdes com frango desfiado e limonada.
Sobremesa:
Dois figos frescos
Ceia:
Chá vermelho, arroz integral, grão de bico, carne vermelha (duas vezes por semana), linhaça, amendoim, pão de aveia, sopa de beterraba ou abóbora.

Por Juliana Falcão (MBPress)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário