Publicações recentes

Contributors

Sisutec teve mais de 737 mil inscrições

terça-feira, 13 de agosto de 2013
O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) teve 383.080 inscritos, segundo balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Educação (MEC). Como cada candidato podia fazer até duas opções, foram 737.229 inscrições. Os cursos mais procurados foram técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições para 13 mil vagas, seguido de técnico em informática, com 71.850 candidatos para 23 mil vagas. 
Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o resultado foi positivo, por ser um programa novo e mostra "o interesse dos alunos do Enem [Exame Nacional do Ensino Médio] em estudar mais, mostra a motivação e a mobilização deles", diz.
A média das idades dos candidatos está entre 23 e 24 anos. Na avaliação de Mercadante, são estudantes que concluíram o ensino médio, pararam de estudar um tempo e estão voltando a estudar. "Isso é muito bom para o Brasil, eles vão se aperfeiçoar", diz Mercadante.
O ministro ressaltou os cursos técnicos como uma alternativa para aqueles que não terão vaga no ensino superior. "Dos 7 milhões de inscritos no Enem 2013, 6 milhões não conseguirão vaga no ensino superior, apesar de todo o esforço feito pelo governo". O ensino técnico, diz, é a solução em vários países desenvolvidos. "No Brasil, perdemos a formação técnica e tecnológica e estamos recuperando".
O sistema vai oferecer 239.792 vagas em cursos técnicos. O resultado da primeira chamada será divulgado amanhã (14), com matrículas na quinta e sexta-feira (15 e 16). A segunda chamada ocorre no dia 19, com matrícula no dia 20. Os candidatos que perderem a data da matrícula serão excluídos do processo. A partir do dia 22 de agosto, as vagas que não forem ocupadas no processo seletivo serão oferecidas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
No Sisutec, a seleção dos alunos será feita de acordo com a nota no Enem 2012. Do total de vagas, 85% são destinadas aos candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsista integral. As vagas são ofertadas em instituições da rede publica, privada e do Sistema S. Os cursos têm de um a dois anos de duração, com carga horária entre 800 e 1.200 horas-aula.
Os cursos com maior oferta de vagas são os ligados à tecnologia da informação, saúde e área industrial. Lideram a lista os de técnico em informática (23 mil), técnico em enfermagem (14 mil), técnico em logística (13 mil), técnico em segurança do trabalho (13 mil) e técnico em redes de computadores (11 mil). Os estados onde há maior oferta são São Paulo (76 mil), Pernambuco (40 mil), Minas Gerais (27 mil), Paraná (17 mil) e o Distrito Federal (8 mil).

Por Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário