Publicações recentes

Contributors

Manifestantes fecham ponte em Socorro pela morte de mototaxista

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015
A morte do mototaxista Laurindo Gomes Nascimento Junior, 33, ocorrida na noite da última terça-feira (20)  no conjunto Albano Franco, município de Nossa Senhora do Socorro, tem relação com dívidas de tráfico de drogas. 

A informação é da delegada Juliana Alcoforado, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) responsável pela investigação do caso. 

Um homem que estava na garupa da motocicleta acabou ferido. O principal suspeito do assassinato é Jhonata Santos Cordeiro, conhecido como “Primo”.

Segundo a delegada, a morte do mototaxista foi resultado de uma dívida de droga entre o rapaz que estava garupa da motocicleta de Laurindo e “Primo”. Alcoforado explicou que na manhã da terça-feira, Jhonata foi até a casa do homem cobrar um dinheiro referente a venda de entorpecente. No local não encontrou o devedor e acabou invadindo o imóvel e levando dezenas peças de roupas – ainda com etiquetas – como pagamento da dívida.

As investigações apontam que ao chegar em casa, o elemento percebeu que as roupas tinham sido furtadas e atribuiu à ação a Jhonata. Na companhia de Laurindo seguiu até o conjunto Albano Franco a procura de Jhonata, mas não o encontrou. Horas depois, eles voltaram até a residência do suspeito e foram surpreendidos por Jhonata que deflagrou vários tiros que resultaram na morte do mototaxista e deixou o outro ferido.

“Eles teriam ido antes a procura de Jhonata, mas não o encontraram e chegaram até a perguntar as pessoas na rua. Na segunda vez que retornaram foram surpreendidos. O crime foi em virtude de uma dívida de drogas. O mototaxista sabia o que estava fazendo quando levou o rapaz até o local. ”, afirmou a delegada.

Na tarde desta quarta-feira (21), policiais civis do DHPP foram até a casa de Jhonata e acabaram prendendo a companheira dele e apreendendo uma quantidade de drogas. “Na casa de Jhonata funciona uma boca de fumo”, informou Alcoforado. Os agentes também encontraram um revólver calibre 38, que foi encaminhado à perícia para análise. “Não tem como confirmar ainda se a arma foi usada no crime ou pertencia a uma das vítimas”, finalizou a delegada.

Ainda nesta quarta-feira, motoboys de Nossa Senhora do Socorro realizaram uma manifestação e fecharam a ponte do conjunto João Alves, o trânsito foi interrompido o que causou um grande congestionamento e transtornos para a população.



Com informações jornaldacidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário