Publicações recentes

Contributors

Muribeca: Deso substitui 1,2 km de adutora

sábado, 30 de abril de 2016

A Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso esteve trabalhando intensamente no município de Muribeca para corrigir problemas na adutora e retornar com o abastecimento regular. No prazo de quinze dias, 1,2 km de adutora e um novo quadro elétrico foram implantados.  


A dona de casa, Neuza Mota dos Santos, que mora na sede de Muribeca diz que, desde a intervenção da Companhia, todos os dias tem recebido água em sua casa. “Na verdade nunca tinha faltado água assim, da maneira como estava tendo. Aí teve esse problema. Lá embaixo estava quebrado os canos, né? Agora eles consertaram”, diz.

Gilson Jesus da Silva, morador do povoado Várzea da Onça, também está satisfeito com o abastecimento. “Por enquanto está bom. Continuando assim, não tenho do que reclamar, de jeito nenhum. Eu posso dizer que a Deso para mim está de parabéns. Quando ajeitaram a encanação para mim ficou perfeito”, anima.

O sistema de abastecimento de Muribeca estava apresentando problemas constantes devido desgaste na tubulação. A salinidade do solo foi a principal responsável pela degradação dos turbos de ferro fundido.

Algumas condições impostas pela vizinhança da adutora, aceleraram o desgaste do material. “Há apenas dois metros da adutora existe um cortiço onde o proprietário usa métodos de irrigação inadequadas para a sua produção agrícola, o que acelera a salinização do solo. Ainda na mesma estrada, ao lado do nosso poço, uma fábrica explora material para fazer cerâmica. A movimentação das máquinas colaboraram para o recalque da adutora”, explica o técnico industrial da Regional Norte, Alex Sandro Santos Braz.

Para resolver o problema, a Deso precisou substituir 1,2 km do percurso, que ainda era ferro fundido, por um material mais resistente ao salito, o policloreto de polivinila (PVC).

Paralelamente à renovação da adutora a Companhia instalou novo quadro elétrico com sistema mais eficiente para evitar possíveis agressões aos tubos “O novo sistema vai aumentando aos poucos a vazão da água. Ele vai aumentando gradativamente até chegar a  110 m.c.a”, esclarece Alex Sandro.

Melhorias a caminho



As próximas ações da Deso para garantir segurança hídrica em Muribeca  já estão encaminhadas. Um novo poço será perfurado para reforçar o abastecimento na sede e, principalmente para os povoados Cabeça da Onça, Pau Alto e Saco da Varas .  “Já temos área definida e estamos em buscando um acordo para regularização fundiária. Não temos como garantir que o vazamento e a qualidade da água vão ser os ideias para que possamos trabalhar nele. Se não estiver,  continuaremos prospectando uma área para perfurar. Queremos melhorar a distribuição de água para o município”, declara o superintendente de Sistemas Regionais de Água, Carlos Anderson.


Nenhum comentário:

Postar um comentário