Publicações recentes

Pai que agrediu bebê até a morte diz que se irritou com choro

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017


A polícia civil do municipio informou no final da manhã desta segunda-feira (13/02) que o adolescente de 17 anos, pai do bebê de quatro meses, morto na cidade de Propriá no último sábado (11/02), confessou que agrediu até a morte o filho recem nascido porque simplesmente ele chorava sem parar.


A mãe do bebe, uma jovem de 16 anos, contou à Polícia Militar que a criança havia ficado com pai para que ela fosse comprar fraldas. Ao retornar a jovem encontrou o companheiro tentando reanimar o filho, que foi levado a um hospital da cidade já sem vida.

Segundo informações, o acusado já teria agredido a mãe e o bebê diversas vezes. O pai foi encaminhado para a Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (Usip), na capital sergipana.

Um comentário:

  1. Aí é qui tá,ele deveria ter sido recolhido para o inferno!!

    ResponderExcluir