Publicações recentes

Contributors

Para polícia, morte do empresário William no Fernando Collor foi latrocínio

sábado, 19 de agosto de 2017
Na imagem, veículo ocupado pelos criminosos na cena do crime.
As investigações da Polícia Civil apontam que não há vínculo do assassinato do jovem empresário William Santos de Andrade, 24, com crime passional. De acordo com informações do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), o rumo do inquérito policial conduz para a possibilidade de latrocínio [assalto seguido de morte], mas as investigações continuam.

A ação criminosa ocorreu quando o jovem William Andrade chegou na residência na noite do dia 23 de julho deste ano. Na avenida Auxiliar 1, no Conjunto Fernando Collor, no município de Nossa Senhora do Socorro(SE), William foi abordado por dois homens, ocupantes de um carro prata. 

Suspeitou-se de crime passional, mas um dos suspeitos se apresentou espontaneamente no DHPP e se declarou surpreso que as acusações que sofreu feitas por um grupo de pessoas da comunidade. Cerca de 12 pessoas já foram ouvidas no inquérito policial da 4ª Divisão do DHPP em Aracaju.

Via Infonet

Nenhum comentário:

Postar um comentário