Publicações recentes

Contributors

Polícia divulga retrato falado do suspeito de participar do crime contra ativista do SOS Emprego

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

O crime aconteceu no dia 14 de dezembro, o líder sindical, ativista do movimento SOS Emprego, Clodoaldo Santos Melo, de 40 anos, foi assassinado a tiros na porta de sua casa. O fato ocorreu no Povoado Capuã, na Barra dos Coqueiros. 

Na sexta-feira, 21, o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do estado de Sergipe divulgou imagens do momento da fuga de dois homens que estavam em uma moto, sendo que um deles teria efetuado os disparos em Clodoaldo. Além disso, o DHPP divulgou o retrato falado de um indivíduo que teria chamado o líder sindical com o intuito de entregar um currículo, mas a polícia acredita que isso pode ter sido uma ação para chamar Clodoaldo que, na sequência, foi alvejado com disparos nas costas e na cabeça. 

A delegada Thereza Simony falou mais detalhes sobre a investigação e solicitou à população que contribua para que a polícia consiga elucidar o quanto antes esse caso. "Desde o dia do assassinato que o DHPP tem intimado testemunhas para prestar depoimento, bem como a busca por imagens do momento do crime. Adquirimos uma imagem de uma motocicleta com dois indivíduos entrando na rua da vítima instantes antes do crime. 

O retrato falado é de um rapaz que, pouco antes do crime, teria ido à procura de Clodoaldo para entregar um currículo. Em seguida, apareceu o executor, dizendo que também queria entregar um currículo e quando Clodoaldo se apresentou, ele atirou e fugiu em direção à motocicleta, na qual um comparsa o aguardava e se evadiram do local no sentido Barra dos Coqueiros. 

Essa divulgação serve para nos ajudar na resolução. Para denunciar, basta ligar no 181 e colaborar com a elucidação do crime. A sua identificação será preservada, resguardada. É um processo super sigiloso", explicou a delegada Thereza Simony.

Nenhum comentário:

Postar um comentário