🔴Defensora dos Animais lamenta projeto de Lei que regulamenta a prática da vaquejada

Compartilhar:

Silvana Andrade, presidente Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA), afirma: "Projeto de Lei que reconhece a vaquejada, o rodeio e a prova do laço como bens de natureza imaterial é inconstitucional e busca legitimar a crueldade"

Foto: jataovaqueiro
"O Brasil deu um lamentável passo rumo ao retrocesso", declara Silvana Andrade, presidente da Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA), referindo-se à aprovação, por 402 votos a favor e 34 contra, do Projeto de Lei (PL) 8240/17, que regulamenta a prática da vaquejada como patrimônio cultural brasileiro.

"Os defensores desse deplorável projeto aproveitaram-se de uma distração dos brasileiros, que estão focados na Reforma da Previdência, para o colocarem em votação quando menos se esperava", prossegue Silvana. Conforme foi noticiado pela imprensa, a apreciação do PL aconteceu após a Casa aprovar requerimento de urgência por 343 votos favoráveis, 32 contrários e seis abstenções. "Por que é tão urgente aprovar a vaquejada e outras crueldades no país que tem mais de 13 milhões de desempregados? Suas excelências acham que a atividade de peão vai sanar o problema?", ironiza.

O PL aprovado, de autoria do senador Raimundo Lira (MDB/PB), altera a Lei nº 13.364, de 29 de novembro de 2016, e inclui o rodeio, a vaquejada e o laço como "expressões esportivo-culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro", elevando essas atividades à condição de "bens de natureza imaterial".

"Na prática, o que os deputados fizeram foi tirar de vez a proteção legal dos animais submetidos a essas crueldades", afirma Silvana. "É falsa a promessa de que será possível preservar sua integridade e bem-estar nesse tipo de prova. Afinal, desde quando é possível puxar um animal pesado pela cauda e atirá-lo ao chão sem que isso acarrete dor e sofrimento a ele? É cruel, desumano, covarde e inaceitável", acrescenta a ativista.

Silvana ressalta que a regulamentação contraria a Constituição Federal (Inciso VII do parágrafo 1 do artigo 225), que veda a prática de crueldade contra animais. "Mas, infelizmente, parece que o Brasil tem se empenhado em destruir o legado civilizatório da Constituição aprovada em 1988. Caminhamos a passos largos rumo ao retrocesso, e como os animais são um dos elos mais frágeis da sociedade, eles estão sendo penalizados", indigna-se.

A presidente da ANDA explica que a vaquejada simula uma perseguição. Como esses animais são naturalmente dóceis, os organizadores infligem maus-tratos antes de introduzi-los na arena. "É por isso que o bicho entra correndo quando a porteira é aberta", elucida Silvana. "Os organizadores sabem disso e os parlamentares que votaram favoravelmente com certeza também sabem, mas estão dando de ombros para o sofrimento animal. Também é triste ver que muitos médicos veterinários compactuam com a crueldade", declara.

As adequações sugeridas para amenizar o sofrimento dos animais são vistas por Silvana como "tentativas cínicas de tornar mais palatável aquilo que é intrinsecamente inaceitável". A presidente da ANDA dá como exemplos o uso da areia fofa, para evitar que o animal fique aleijado, e a utilização de um protetor para o rabo do boi, que reduziria o risco de mutilação (já houve casos de a cauda ser arrancada durante a prova, em virtude de puxões muito violentos). "O simples pressuposto de que esse 'esporte' pode deixar o animal aleijado e acarretar sua morte não é, por si só, indicativo de abuso e maus-tratos?", questiona Silvana.

"Tortura, crueldade, abuso, humilhação. Nada disso é expressão cultural", alerta Silvana. "Precisamos frear o desmonte da civilidade, ou daqui a pouco vamos ver os deputados legitimarem a escravidão humana, as lutas de gladiadores e as fogueiras para infiéis", conclui.

Via ascom

COMENTÁRIOS

Nome

Ambiente,102,Beleza,10,Cidades,260,Cinema,98,Colunistas,34,Comportamento,48,Concursos,101,Curiosidades,27,Diversos,742,Economia,168,Educação,179,Empregos,194,Esportes,227,Eventos,238,Fake,1,Flagrante,21,Gente,237,História,28,Humor,4,Internacional,65,Jogos,9,Justiça,131,Polícia,2082,Política,247,Religião,42,Saúde,205,Tecnologia,62,Trânsito,313,Vídeo,90,
ltr
item
Coisas de Socorro - NOSSA SENHORA DO SOCORRO E CONTEÚDO RELEVANTE: 🔴Defensora dos Animais lamenta projeto de Lei que regulamenta a prática da vaquejada
🔴Defensora dos Animais lamenta projeto de Lei que regulamenta a prática da vaquejada
Silvana Andrade, presidente Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA), afirma: "Projeto de Lei que reconhece a vaquejada, o rodeio e a prova do laço como bens de natureza imaterial é inconstitucional e busca legitimar a crueldade"
https://1.bp.blogspot.com/-4R2XVCX6Tyg/XSaUKpHxRSI/AAAAAAAANfA/jczym1WH8VkhSX014wpphc7J-qOU-Ll2QCLcBGAs/s640/vaquejada2.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-4R2XVCX6Tyg/XSaUKpHxRSI/AAAAAAAANfA/jczym1WH8VkhSX014wpphc7J-qOU-Ll2QCLcBGAs/s72-c/vaquejada2.jpg
Coisas de Socorro - NOSSA SENHORA DO SOCORRO E CONTEÚDO RELEVANTE
https://www.coisasdesocorro.com.br/2019/07/defensora-dos-animais-lamenta-projeto.html
https://www.coisasdesocorro.com.br/
https://www.coisasdesocorro.com.br/
https://www.coisasdesocorro.com.br/2019/07/defensora-dos-animais-lamenta-projeto.html
true
5139585072829268810
UTF-8
Abrir tudo Publicação não encontrada Ver tudo Ver mais Resposta Cancelar resposta Delete By Home Paginas Publicações Ver tudo Recomendado para você Marcador Arquivo SEARCH Todas as publicações Nenhum resultado encontrado VOLTAR PARA PÁGINA PRINCIPAL Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sabádo Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar Table of Content